Siga-nos no Google+

Você pode aumentar ou diminuir a fonte do site para leitura - Boa leitura.

30 de abr de 2017

O Amor Ágape

O que é amor? Amor, é um sentimento ou afeição que desenvolvemos por alguém.
No sentido espiritual, é a manifestação sentimental da criatura pelo seu criador. Quem realmente ama de verdade, não importa se o objeto de adoração esteja presenta ou ausente. Sua devoção ao objeto é incondicional, e não espera recompensa pela referência prestada ao objeto de adoração. Os frutos do Espírito Santo, funciona como um sistema regulador de todas as áreas do homem. Sem eles seria impossível adquirir sabedoria, sê prudente, captar e assimilar que tipos de espírito está agindo no caráter e comportamento humano.

A frase: “amor ágape”, ou amor de Deus, surgiu a partir da comunhão dos santos nas ceias, nas festas sociais. Tudo quanto era de bem material que os santos adquiriram, eles dividiam com os demais na igreja. No clima do amor ágape, tudo o que existia; ou o que acontecia, era feito com naturalidade e com espírito coletivo. Praticar o amor ágape, é renunciar em favor de seu irmão. O amor ágape, é algo único e distinto. Em outras palavras, ele é a manifestação do amor de Deus manifestando de forma única em cada indivíduo.

O amor ágape para com Deus e para com o próximo

Para que o amor ágape cresça e ganhe maturidade na vida do homem, e chegue ao nível máximo; é necessário a ação direta do amor como fruto do Espírito.
O amor ágape, é a manifestação genuína do verdadeiro amor cristão. No Novo Testamento, amor é uma das diversas palavras gregas para amor. O amor ágape, significa amor voluntário. E não se referindo à afeição emocional, atração física, ou de laço familiar. Mas respeito, devoção e afeição que con­duz ao serviço voluntário e altruísta (Jo 15.13; Rm 5.8; 1 |o 3.16-17).

Quando este amor alcança um nível de maturidade na vida do homem pelo poder e ação do Espírito Santo, o cristão estar apto a serviço do próximo, a semelhança do samaritano que agiu em favor do homem que fora assaltado, ficando meio morto. O objetivo do amor ágape, é levar o cristão servir a Deus e ao próximo de forma espontânea e voluntária. A tendência de quem desenvolve este tipo de amor, é abnegar parte do que tem para dividir com seu irmão.  
Será impossível o homem prestar serviço voluntário ser a maturidade do amor ágape.

Desamor
Podemos considerar como desamor, o desprezo e a falta de simpatia pelo sofrimento e carência de outrem. Ou a inexistência de sentimento pelo próximo. Quem não ama, é uma pessoa extremamente pobre do amor de Deus. A ausência do amor, leva o indivíduo tratar seu irmão com desdém e com indiferença, e se torna insensível com as adversidades dos outros. Gente assim, é até difícil se cultivar uma amizade sadia e estável com ela.

Amado
É objeto alvo do amor de alguém. Amado, refere-se a alguém muito querido.

Desalmado
O indivíduo desalmado, não se comovem nem fica sensibilizada diante do sofrimento alheio. Pela ausência do amor em sua vida, ele não consegue corresponder o amor recebido. Em outras palavras, ele não sabe valorizar o sentimento que os outros dispensam em torno dele. Ele é elemento desumano: rir da dor e do sofrimento dos outros. Seu prazer é ver o castigo, a vingança e o semelhante cair em muitas adversidades. Sua palavra é desaguada de sentimento humano, e acompanhada de rigidez, provando seu ser um elemento desalmado que não ama.

Amou si mesmo
Não podemos confundir amor a si mesmo, com o sentimento egoísta e individualista, onde o indivíduo só pensa e busca seus interesses, e ignora os interesses coletivos.
Quando a Bíblia se refere ao amor a si mesmo, Ela quer dizer ao indivíduo para se colocar, ou se assentar na cadeira junto com o sofredor. E não tem nada a ver com o egocentrismo individualista de uma determinada personalidade. 
Autor: Pbsena


0 Comentários:

Postar um comentário

Olá tudo bem? Encontrou o que procura? Achou o Tifsa útil? Então compartilhe, curta, envie ou recomende aos amigos nossos artigos. O Tifsa não tem uma campanha de marketing multimilionária ou o patrocínio de celebridades, mas temos algo muito melhor: você.