Últimas

Nossos amigos no Google+

4 de jan de 2017

Na China: Uma irmã chinesa conhecida por nome de “Tu Yan”, é condenada três anos de prisão por cultuar a Deus

Uma irmã chinesa conhecida por nome de “Tu Yan” da região oeste de Xinjiang, começou a frequentar igrejas em Yunnan, depois ela se mudou para lá por motivo de trabalho, e quando estava voltando para casa de um culto no dia 22 de outubro, quando foi presa sob suspeita de "usar uma organização de culto, e por minar a implementação da lei, 'explica o grupo de vigilância perseguição chinesa.

Depois de ser presa, e acusada pela justiça chinesa como sendo a espinha dorsal de dois chamados 'cultos malignos'; e por ensinar as crianças sobre o cristianismo, ela foi condenada e sentenciada a três anos de detenção por reunir uma multidão de chineses para cultuar a Deus. Para as autoridades comunistas, isso caracteriza desordem pública e por isso ele foi condenado pela justiça chinesa. Alegam, os membros do partido comunista chinese.

A China Aid relata, que os direitos humanos e os abusos de perseguição na nação mais populosa do mundo continuam. Neste domingo mais uma mulher crente foi levada pela polícia junto com outros quatro cristãos, que ainda não foram acusados oficialmente pelas autoridades do Partido Comunista. E a acusação é simples, por se reunirem para louvar a Deus e fazer estudo bíblico sem a aprovação do governo.

A China vem reprimido todas igrejas que não são sancionadas governamentalmente. Mas as inúmeras igrejas estão surgindo de forma acelerada, começando nos subterrâneos chineses, como aconteceu nos dias primitivos. Os irmãos estão começando a transformar a república popular da China direto do coração de terra. É nos silenciosos subterrâneos chineses que a igreja cresce na calada da noite, e nos dias agitados, barulhentos e ensurdecedor da China que as reuniões dos irmãos acontecem. Apesar do governo aprovar o projeto revisto de regulamentos sobre assuntos religiosos, que entrou em vigor em outubro de 2016, o governo chinese continua condenando e prendendo centenas de pastores, presbíteros, diáconos, irmãos e dezenas de adoradores de Jesus Cristo. Isto significa, que a igreja do Senhor não parou por lá.

O governo também está demolindo todas as cruzes postas nos telhados de igrejas, alegando violação dos códigos de construção pública. Segundo os grupos em defesa dos cristãos, eles dizem, que o objetivo do regime comunista é reprimir o crescimento do cristianismo no país.
  • Comentar pelo Blogger
  • Comentar pelo Facebook

0 » Comentários:

Postar um comentário

Olá tudo bem? Encontrou o que procura? Achou o Tifsa útil? Então compartilhe, curta, envie ou recomende aos amigos nossos artigos. O Tifsa não tem uma campanha de marketing multimilionária ou o patrocínio de celebridades, mas temos algo muito melhor: você.

Item Reviewed: Na China: Uma irmã chinesa conhecida por nome de “Tu Yan”, é condenada três anos de prisão por cultuar a Deus Rating: 5 Reviewed By: Pbsena Sena
Scroll to Top