Olá, sejam todos bem-vindos(as). Em primeiro lugar, queremos agradecer pela sua visita. O Tifsa é uma página que foi criada com o objetivo de trazer um ambiente sadio a todos visites. Nosso desejo que você esteja bem, se junto com sua família, ou distante de casa. Esperamos que seus projetos, seus sonhos estejam dando tudo certos. Ao mesmo tempo, estamos intercedendo para que você saiba fazer as melhores escolhas, que se encaixe em seu perfil, e que saiba tomar suas decisões com prudência.

Carrossel

11 de set de 2016

Pagando o preço da indenidade entre as paredes do cubículo

Introdução
 
É entre as paredes do cubículo onde a liderança paga o preço de sua identidade. A confiança, a consideração, a equidade, e a integridade são as paredes do cubículo onde a liderança pode fundamentar todo o qualquer relacionamento eficaz com seus liderados. Sejam eles no campo eclesiástico, político, social, e familiar. Quando existem estas quatro características na vida de uma liderança, por certo existirá um bom relacionamento aberto, forte entre as lideranças e os seus liderados. Assim o líder conseguirá com eficácia liderar o povo sem obstáculos.
 
Tema: Cultivando a confiança, a consideração, a equidade e a integridade na vida dos liderados
 
A cultura da consideração, da confiabilidade, da integridade e da equidade são as paredes que formam o cubículo onde a liderança precisa pagar o preço diante de seus liderados, para poder se manter forte, competente para controlar seus liderados todos unidos, e sem formação de grupos entre eles.
 
Cultivar a consideração, a confiabilidade, a integridade e a equidade é uma necessidade no caráter de qualquer liderança. Sem a cultura e o cultivo da auto confiabilidade, da consideração, da equidade e da integridade, a liderança não será capaz de atrair sobre sua liderança seus liderados. E por certo não existirá uma liderança forte o suficiente para estabelecer a verdadeira capacitação e fazer a implementação dos projetos da organização e sustentar os que já foram estabelecidos. A confiança que se conquista diante dos liderados não é o resultado da imposição, de um programa ou projeto organizacional, ou de um expediente temporário sobre imposição. Ela é o fruto e o ingrediente que resultou da probidade e integridade de caráter na escala pessoal de uma liderança.

Este é o ponto mais forte e atrativo de uma liderança, e que faz atraí seus liderados, fazendo com que eles depositem confiança em sua autoridade como líder. A confiança não se adquire. Conquista-se, e se ganha por meio de nosso caráter moral e social no que fazemos ou no que dizermos a vista de nossos liderados. Quando existe a confiança da liderança para com seus liderados, a confiança tende a se estabelecer e operar com respaldo mútuo. Ou seja, a confiança que você depositou em seus liderados, ela resultará em consideração a sua pessoa, e vice versa. Se a liderança quer ganhar a simpatia de seus liderados em primeiro lugar, ela deve sua consideração aos seus liderados. Sem ela, sua liderança nunca terá atrativo ao seu público alvo.
 
A consideração é base que incentiva o cultivo do amor e das boas obras.
 
A consideração é o componente principal no relacionamento de uma liderança, com seus liderados. Sem este componente ela não conseguirá fazer com que os membros de uma organização se sintam motivados e otimistas para fazerem as tarefas com prazer. E por fim, não haverá seu crescimento em amor por parte dos liderados para com a liderança e nem entre os membros da instituição, e todos se tornam vulneráveis aos problemas de ordem sociais e eclesiásticos. É com a consideração que as lideranças fazem com que os indivíduos que lhe sejam subordinados espontaneamente se sintam bem tratados, respeitados, valorizados e amados pelos que estão a frente e na direção obra de Deus. É Com a consideração, que o individuo é conduzido a se sentir bem onde está. Com ela, o elevo espiritual do individuo melhora, e é levado a se sentir feliz, e contente e com total liberdade diante de sua liderança. Toda organização só tem solidez e crescimento, se houver dentro dela a consideração a quem faz parte dela. Sem ela as coisas não funcionam a contento, e o povo não faz as suas tarefas com prazer por conta da falta de consideração. E a organização finda saindo no prejuízo.
 
Quem gostaria de ser maltratado o tempo todo? Menosprezado e desprezado pela sua liderança? A liderança que considera seus liderados logo cedo estará gozando e colhendo os frutos que implantou como resultado de seu trabalho diante de seus liderados. Você que é liderança quer começar perder a simpatia de seus liderados? Então comece a desconsiderar pelos menos um das pessoas que faz parte da instituição da qual você é um líder dentro dela ou é responsável. A desconsideração de apenas uma pessoa será o suficiente para com que os outros começarem a colocar as “barbas de molhos” ou ficarem com “a purga por detrás das orelhas” a respeito de sua pessoa. É como se você levantasse a vara para um dos membros do rebanho de ovelhas. Você levanta a vara pra uma, e as outras correm juntas com ela.
 
Observatório: O grande segredo do crescimento do amor e das boas obras entre nós humanos é o cultivo da consideração de uns para com os outros. Se quisermos que os membros de uma instituição sejam bons colaborados dentro dela, precisamos aprender a considerar todos os componentes que fazem parte do círculo de setor pessoal dentro dela. Exemplo: em uma instituição religiosa não haverá bons e fiéis contribuintes, se eles não forem bem tratados com consideração pela pessoa que é responsável pelo trabalho.
 
Equidade o correio das boas notícias
 
É da equidade que vem todo segredo de uma liderança. Ela é uma qualidade que dar a pessoa da liderança a disposição de reconhecer igualmente os direitos e a capacidade de cada indivíduo independentemente de cor; cultura, ramificações religiosas, política, ou se ele é culto ou não, se ele é rico ou pobre. A liderança que tem a equidade em sua vida ela já tem a maior base de sustentação de uma liderança forte e confiável. A liderança que não valoriza e nem reconhece o valor de seus liderados e de seus colegas de trabalho, logo cedo ele estará sozinho, e sem o apoio de seus colaboradores, de seus amigos e colegas de trabalho.

O líder que tem equidade se ele souber cativar as pessoas ao seu derredor dando o verdadeiro valor que cada um tem, não tardará com que seus liderados sejam levados a começarem a lhe elogiar levando seu nome mui longe. Foi assim que Jesus adquiriu companheiros, amigos, e muitos seguidores porque Ele soube e sabe valorizar as pessoas e dar o direito de quem tem.
 
Conclusão
 
Jesus foi uma liderança que mostrou uma conduta ilibada no tratamento com seus discípulos e a todos os seus seguidores. Ele se tornou um exemplo de liderança forte, porque soube cultivar a cultura da confiabilidade, até em pessoas que não merecia sua confiança. Por isso Ele é um exemplo incontestável, que deixou lições de vida durante seu ministério, que sempre irá servir para todos obreiros que vierem pela frente seguirem. Saído do forno.
 
Autor: Pbsena Fortaleza 03/04/2014


  • Comentar pelo Blogger
  • Comentar pelo Facebook

0 »Seja o primeiro a comentar.:

Postar um comentário

Olá tudo bem? Encontrou o que procurava? Achou o Tifsa útil? Então compartilhe, curta, envie ou recomende aos amigos nossos artigos. O Tifsa não tem uma campanha de marketing multimilionária ou o patrocínio de celebridades, mas temos algo muito melhor: você.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole as leis, ou que configure em crime cibernético e que vão de e termos de uso, por favor denuncie.

Item Reviewed: Pagando o preço da indenidade entre as paredes do cubículo Rating: 5 Reviewed By: Pbsena Sena
Role para cima