Últimas

Google+ Followers

11 de set de 2016

Pagando o preço da indenidade entre as paredes do cubículo

Introdução
 
É entre as paredes do cubículo onde a liderança paga o preço de sua identidade. A confiança, a consideração, a equidade, e a integridade são as paredes do cubículo onde a liderança pode fundamentar todo o qualquer relacionamento eficaz com seus liderados. Sejam eles no campo eclesiástico, político, social, e familiar. Quando existem estas quatro características na vida de uma liderança, por certo existirá um bom relacionamento aberto, forte entre as lideranças e os seus liderados. Assim o líder conseguirá com eficácia liderar o povo sem obstáculos.
 
Tema: Cultivando a confiança, a consideração, a equidade e a integridade na vida dos liderados
 
A cultura da consideração, da confiabilidade, da integridade e da equidade são as paredes que formam o cubículo onde a liderança precisa pagar o preço diante de seus liderados, para poder se manter forte, competente para controlar seus liderados todos unidos, e sem formação de grupos entre eles.
 
Cultivar a consideração, a confiabilidade, a integridade e a equidade é uma necessidade no caráter de qualquer liderança. Sem a cultura e o cultivo da auto confiabilidade, da consideração, da equidade e da integridade, a liderança não será capaz de atrair sobre sua liderança seus liderados. E por certo não existirá uma liderança forte o suficiente para estabelecer a verdadeira capacitação e fazer a implementação dos projetos da organização e sustentar os que já foram estabelecidos. A confiança que se conquista diante dos liderados não é o resultado da imposição, de um programa ou projeto organizacional, ou de um expediente temporário sobre imposição. Ela é o fruto e o ingrediente que resultou da probidade e integridade de caráter na escala pessoal de uma liderança.

Este é o ponto mais forte e atrativo de uma liderança, e que faz atraí seus liderados, fazendo com que eles depositem confiança em sua autoridade como líder. A confiança não se adquire. Conquista-se, e se ganha por meio de nosso caráter moral e social no que fazemos ou no que dizermos a vista de nossos liderados. Quando existe a confiança da liderança para com seus liderados, a confiança tende a se estabelecer e operar com respaldo mútuo. Ou seja, a confiança que você depositou em seus liderados, ela resultará em consideração a sua pessoa, e vice versa. Se a liderança quer ganhar a simpatia de seus liderados em primeiro lugar, ela deve sua consideração aos seus liderados. Sem ela, sua liderança nunca terá atrativo ao seu público alvo.
 
A consideração é base que incentiva o cultivo do amor e das boas obras.
 
A consideração é o componente principal no relacionamento de uma liderança, com seus liderados. Sem este componente ela não conseguirá fazer com que os membros de uma organização se sintam motivados e otimistas para fazerem as tarefas com prazer. E por fim, não haverá seu crescimento em amor por parte dos liderados para com a liderança e nem entre os membros da instituição, e todos se tornam vulneráveis aos problemas de ordem sociais e eclesiásticos. É com a consideração que as lideranças fazem com que os indivíduos que lhe sejam subordinados espontaneamente se sintam bem tratados, respeitados, valorizados e amados pelos que estão a frente e na direção obra de Deus. É Com a consideração, que o individuo é conduzido a se sentir bem onde está. Com ela, o elevo espiritual do individuo melhora, e é levado a se sentir feliz, e contente e com total liberdade diante de sua liderança. Toda organização só tem solidez e crescimento, se houver dentro dela a consideração a quem faz parte dela. Sem ela as coisas não funcionam a contento, e o povo não faz as suas tarefas com prazer por conta da falta de consideração. E a organização finda saindo no prejuízo.
 
Quem gostaria de ser maltratado o tempo todo? Menosprezado e desprezado pela sua liderança? A liderança que considera seus liderados logo cedo estará gozando e colhendo os frutos que implantou como resultado de seu trabalho diante de seus liderados. Você que é liderança quer começar perder a simpatia de seus liderados? Então comece a desconsiderar pelos menos um das pessoas que faz parte da instituição da qual você é um líder dentro dela ou é responsável. A desconsideração de apenas uma pessoa será o suficiente para com que os outros começarem a colocar as “barbas de molhos” ou ficarem com “a purga por detrás das orelhas” a respeito de sua pessoa. É como se você levantasse a vara para um dos membros do rebanho de ovelhas. Você levanta a vara pra uma, e as outras correm juntas com ela.
 
Observatório: O grande segredo do crescimento do amor e das boas obras entre nós humanos é o cultivo da consideração de uns para com os outros. Se quisermos que os membros de uma instituição sejam bons colaborados dentro dela, precisamos aprender a considerar todos os componentes que fazem parte do círculo de setor pessoal dentro dela. Exemplo: em uma instituição religiosa não haverá bons e fiéis contribuintes, se eles não forem bem tratados com consideração pela pessoa que é responsável pelo trabalho.
 
Equidade o correio das boas notícias
 
É da equidade que vem todo segredo de uma liderança. Ela é uma qualidade que dar a pessoa da liderança a disposição de reconhecer igualmente os direitos e a capacidade de cada indivíduo independentemente de cor; cultura, ramificações religiosas, política, ou se ele é culto ou não, se ele é rico ou pobre. A liderança que tem a equidade em sua vida ela já tem a maior base de sustentação de uma liderança forte e confiável. A liderança que não valoriza e nem reconhece o valor de seus liderados e de seus colegas de trabalho, logo cedo ele estará sozinho, e sem o apoio de seus colaboradores, de seus amigos e colegas de trabalho.

O líder que tem equidade se ele souber cativar as pessoas ao seu derredor dando o verdadeiro valor que cada um tem, não tardará com que seus liderados sejam levados a começarem a lhe elogiar levando seu nome mui longe. Foi assim que Jesus adquiriu companheiros, amigos, e muitos seguidores porque Ele soube e sabe valorizar as pessoas e dar o direito de quem tem.
 
Conclusão
 
Jesus foi uma liderança que mostrou uma conduta ilibada no tratamento com seus discípulos e a todos os seus seguidores. Ele se tornou um exemplo de liderança forte, porque soube cultivar a cultura da confiabilidade, até em pessoas que não merecia sua confiança. Por isso Ele é um exemplo incontestável, que deixou lições de vida durante seu ministério, que sempre irá servir para todos obreiros que vierem pela frente seguirem. Saído do forno.
 
Autor: Pbsena Fortaleza 03/04/2014

  • Comentar pelo Blogger
  • Comentar pelo Facebook

0 » Comentários:

Postar um comentário

Olá tudo bem? Encontrou o que procura? Achou o Tifsa útil? Então compartilhe, curta, envie ou recomende aos amigos nossos artigos. O Tifsa não tem uma campanha de marketing multimilionária ou o patrocínio de celebridades, mas temos algo muito melhor: você.

Item Reviewed: Pagando o preço da indenidade entre as paredes do cubículo Rating: 5 Reviewed By: Pbsena Sena
Scroll to Top